Comum & VT
Estudante Idosos Especial
Linhas
Observações Atualizado em:
R$ 3,70 R$ 1,85 (l) Gratuito, Pós 65 anos Pago (lll) Urbana e Suburbana Urbana e Suburbana 07/02/2016 00:00
R$ 4,55 R$ 2,30 (ll) Gratuito, Pós 65 anos Gratuito (lV) Bragança Pta. – Tuiuti Intermunicipal 05/07/2016 00:00
R$ 4,25 R$ 2,10 (ll) Gratuito, Pós 65 anos Gratuito (lV) Bragança Pta. – Bairro do Anhumas Intermunicipal 05/07/2016 00:00
R$ 4,70 R$ 2,40 (ll) Gratuito, Pós 65 anos Gratuito (lV) Bragança Pta. – Vargem Intermunicipal 05/07/2016 00:00
R$ 4,90 R$ 2,50 (ll) Gratuito, Pós 65 anos Gratuito (lV) Bragança Pta. – Vargem – Guaraiuva Intermunicipal 05/07/2016 00:00

 

O sistema de integração por meio de Bilhetagem Eletrônica Temporal adotado neste município, permite ao usuário a transferência entre veículos e linhas urbanas e suburbanas,  do sistema de transporte coletivo de passageiros do município, no prazo de 2h00 para linhas urbanas e 2h30 para as linhas rurais, mediante pagamento  de uma única tarifa.

Observações:

I           a Tarifa Municipal será reduzida em 50% para os estudantes do ensino fundamental e médio ou equivalentes e de cursos profissionalizantes, nos dias letivos.

II          Tarifa fixada pela ARTESP.   Estudantes e Professores de Escolas Oficiais e Oficializadas terão direito a desconto de 50%, nos deslocamentos  entre a escola e sua residência, nos dias letivos.  O valor do pedágio, quando cobrado no percurso, será integral.

III         Portadores de Necessidades Especiais – linhas urbanas e suburbanas –  Não tem desconto no valor da tarifa.  Esta concessionária presta gratuitamente atendimento  diferenciado – porta a porta – mediante a disponibilização de um ônibus adaptado especialmente, respeitando horários e itinerários que são agendados pela ADEF – Associação dos Deficientes Físicos de Bragança Paulista.

IV         Portadores de Necessidades Especiais – linhas intermunicipais – De acordo com o Decreto nº 34753 de 01/04/1992 a concessão de isenção de tarifa dependerá de avaliação por equipe multiprofissional, realizada em unidade médica da Secretaria da Saúde que levará em conta o comprometimento da capacidade de trabalho em decorrência da gravidade da deficiência bem como as limitações na execução de atividades de forma autônoma e independente.  Realizada a avaliação deverá ser entregue à pessoa portadora de deficiência laudo onde conste ao menos resposta a 5 (cinco)   quesitos constantes do artigo 3º dessa Lei.

 

Vandalismo gera custo na tarifa

Você sabia que 10 a 20 ônibus do transporte coletivo urbano são atacados por vândalos todos os meses em Bragança Paulista? Isso significa que TODOS OS 100 VEÍCULOS que compõem a frota passam, pelo menos, duas vezes por mês pelas oficinas para sofrer algum tipo de manutenção. São os mesmos ônibus que servem, diariamente, cerca de 40 mil usuários para os mais diversos tipos de deslocamentos. São os mesmos veículos que você e milhares de trabalhadores, estudantes, profissionais liberais usam para trabalhar, estudar, fazer compras e até para as atividades de lazer. Mas os vândalos não estão preocupados se você, amigos, parentes e vizinhos vão ter de pagar mais caro pela passagem. É isso mesmo: os custos para arrumar os veículos, mais cedo ou mais tarde, acabam sendo repassados para a tarifa. Eles também não se importam se os ônibus vão atrasar e também não ligam se alguém que está dentro do veículo for atingido por uma pedrada. São irresponsáveis que rasgam os bancos dos ônibus com estiletes, picham a lataria e a parte interna, quebram vidros, arrancam luminárias e destroem janelas. Vândalos caracterizam-se pela falta de dignidade e bom senso e agem sem se importar se estão prejudicando outras pessoas que podem até ser parentes, vizinhos ou amigos.

Tristes Imagens

vandalismo3

vandalismo1

vandalismo2

vandalismo4
vandalismo8
vandalismo7
vandalismo9
vandalismo5